top of page
Buscar

"A liberdade não é livre" - três lições que aprendi com os veteranos.

Enquanto aproveitamos para celebrar o Dia dos Veteranos e agradecer o serviço de milhões de homens e mulheres uniformizados que lutaram para manter nossos países seguros e livres, eu queria refletir sobre tudo o que aprendi como aliado e do meu trabalho direto com eles no espaço corporativo. Há muito tempo decidi ser um líder em Beta permanente e confesso que os veteranos foram os que mais influenciaram meu estilo de liderança e atitude durante os últimos anos. Veja o porquê:

Eles podem ser seus melhores impulsionadores de inovação no espaço de trabalho. Se esta é uma surpresa para você, vamos desconstruir a inovação por um momento. Você precisa de humanos exponencialmente para transformar o negócio e isso levará a novas maneiras de fazer as coisas ou até mesmo produtos e serviços completamente novos. Um dos maiores desafios que enfrentamos na liderança é guiar as organizações através da mudança, tão vital para promover a inovação – e os veteranos trazem em seu DNA uma adaptabilidade ao "novo" que está acima da norma dado seu treinamento e preparação militar. Se você quer inovar rapidamente e interromper o status quo mais rápido, contrate um veterano.

Sua produtividade e viés para a ação são monumentais. Achava que sabia o que era alta performance até contratar um veterano. Com eles aprendi que o dia tem 1440 minutos e a maneira como você escolhe passar esses momentos preciosos é vital para gerar um melhor rendimento no trabalho e na vida em geral. Eles se concentram na missão e não nos obstáculos – quando você pede que eles completem um trabalho, você não precisa pedir duas vezes – e isso os faz prosperar e subir mais alto. Não me interpretem mal. As pessoas não precisam ser militares para se tornarem um alto desempenho. Se você acredita em diversidade e inclusão e abre portas para veteranos, a química que aumenta a energia e a produtividade de uma equipe vai disparar. Os veteranos também adoram ser desafiados e ficar rodeados de pessoas que são de alto desempenho. Se você contratar um veterano, você não só terá mais ação no sistema, mas também elevará o nível de toda a sua divisão. Se estiver faltando alta performance, contrate um veterano.

Camaradagem e lealdade à equipe. Tenho que admitir que ainda ouço várias pessoas dizendo: "As pessoas das Forças Armadas são duras", "não vão se adaptar e transitar bem para o espaço corporativo". São opiniões tendenciosas baseadas em fatos anedóticos que, infelizmente, ainda permeiam o mercado de trabalho. Qualquer pessoa pode falhar ao seguir uma mudança de carreira, como qualquer pessoa também pode ter sucesso ao fazê-lo. O fato de você ser veterano, negro, branco, membro do LGBT não importa. O que mais importa é contratar gerentes que estarão abertos para entender quais pontos fortes se pode trazer para o trabalho, e uma forte crença de que o talento é o único critério que uma empresa deve procurar em primeiro lugar. Tive a honra de liderar uma das equipes mais diversas da minha empresa. Hoje homenageamos vários veteranos que não apenas me prepararam como líder e pessoa, mas também me ensinaram profundamente o poder das relações humanas no trabalho. Em tempos de paz e guerra, o amigo ao seu lado em combate ou no trabalho pode salvar sua vida, ajudá-lo a sobreviver e brilhar mais. Este é o significado de lealdade e por que a camaradagem importa muito nas Forças Armadas e como os veteranos a influenciam mais no trabalho.

Veteranos: hoje agradecemos pelo seu serviço, mas também orgulhosamente agradeço por nos ajudar a entender melhor o que realmente significa alta performance. Obrigado por mostrar que as paredes entre o espaço militar e corporativo não são reais para aqueles dispostos a escalar e trabalhar duro. Na verdade, não há muros quando as empresas se preocupam primeiro com o talento e não com as origens das pessoas, cor da pele, escolhas de gênero... etc. Ao agradecermos o serviço, vamos nos lembrar da importância da diversidade e inclusão.

Hoje e amanhã precisamos escrever e falar sobre você, não apenas reconhecendo o trabalho árduo que você fez para nos manter seguros e livres, mas para nos dar a chance de retribuir parte dele, criando um ambiente de trabalho que você pode prosperar e, o mais importante, reconhece o quão grande você é.

Obrigado pelo seu serviço!

O que você aprendeu com os veteranos?


SOBRE O AUTOR: Vinicius David é executivo de tecnologia, apaixonado por desenvolvimento de talentos e fanático por impulsionar a inovação.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Vinicius David
bottom of page