top of page
Buscar

Os desafios do modelo de trabalho híbrido

A iniciativa do modelo híbrido de trabalho tem tudo para dar certo de acordo com um estudo realizado pela PricewaterhouseCoopers (conhecida como PwC) em 2021 com mais de 32 mil trabalhadores. Este estudo concluiu que, daqueles que têm a possibilidade de trabalhar remotamente, apenas 9% querem atuar de forma presencial em tempo integral, enquanto 72% preferem o modelo híbrido de trabalho.

A diferença deste modelo de trabalho em relação ao home-office é que os funcionários passem alguns dias no escritório e outros em casa, tendo como base um rodízio pré-determinado.

Além dos recursos tecnológicos necessários para a implantação deste modelo nas empresas, a cultura organizacional é uma ferramenta fundamental para garantir o sucesso do trabalho híbrido, pois entre os principais desafios está a necessidade de criar um ambiente que trate de maneira igualitária tanto quem está em casa quanto quem está trabalhando no escritório.

Um modelo híbrido só alcança todo o potencial quando os colaboradores conseguem seguir uma rotina de maneira remota assim como fariam se estivessem presencialmente – ou seja, tendo os horários respeitados e participando ativamente da empresa todos os dias. É importante frisar que o ser humano é um ser social e a conexão humana não deve ser subestimada neste caso.

Rituais e atividades que ajudem a aprofundar os relacionamentos e criar laços vão motivar e gerar entrosamento entre as equipes. Cabe ao líder providenciar estas atividades, além de procurar manter uma proximidade com todos os membros da sua equipe, estando sempre aberto a diálogos e focando no bem estar de todos.

O trabalho híbrido é uma grande vantagem e proporciona mais qualidade de vida para quem tem que se deslocar por grandes distâncias, economizando tempo, dinheiro para o deslocamento e evitando estresse com esta locomoção. E ao mesmo tempo, garante a interação presencial das equipes, o que cria um ambiente de trabalho mais descontraído, além de insights que podem surgir tomando um cafezinho ou mesmo batendo um papo na hora do almoço.

Vale ressaltar a importância do feedback durante este período de adaptação ao modelo híbrido de trabalho. Cabe ao líder abrir um canal de comunicação para feedback, sugestões, avaliações e possíveis melhorias, trazendo benefícios a todos os envolvidos.


Sua empresa está adotando ou já adotou o modelo híbrido de trabalho?

0 visualização0 comentário

Kommentare


Vinicius David
bottom of page