top of page
Buscar

Vamos precisar cada vez mais das Cidades Inteligentes?

De acordo com a consultoria Delloite, as cidades ocupam cerca de 3% do território do planeta – mas têm uma importância vital, pois, sozinhas, respondem por cerca de 80% do consumo de energia e aproximadamente 75% do consumo global de resíduos e das emissões de carbono.


Os dados também indicam que, os centros urbanos tendem a ganhar ainda mais espaço, uma vez que a população mundial que vive nas cidades deve saltar dos 55% atuais para 68% até 2050.


Para o World Resources Institute (WRI), as cidades inteligentes devem adotar tecnologias numa visão sistêmica e multissetorial, em benefício do desenvolvimento urbano sustentável.


Já a União Europeia (EU) pontuou que uma “cidade inteligente é um lugar onde as redes e serviços tradicionais tornam-se mais eficientes com o uso de soluções digitais em benefício de seus habitantes e negócios”.


A transformação das cidades inteligentes, de acordo com a EU, deve incluir, entre outras iniciativas:


- a adoção de redes de transporte urbano mais inteligentes


- instalações atualizadas de abastecimento de água


- eliminação de resíduos


- formas mais eficientes de iluminar e aquecer e resfriar edifícios e construções


- ter uma administração municipal mais interativa e responsiva


- espaços públicos mais seguros


A otimização do uso de energia e o rastreamento da pegada de carbono, além do monitoramento da demanda de água e de energia podem gerar reduções importantes, segundo a Earth Org. Nesse aspecto, a redução de 10% a 15% das emissões de gases de efeito estufa por pessoa, além da geração menor de resíduos sólidos por ano – entre 30 a 130 kg a menos, estão no topo das demandas positivas.


Um estudo recente da IEA, intitulado Empowering Cities for a Net Zero Future, condensa a avaliação de mais de 125 especialistas, que avaliaram 100 cidades em mais de 40 países. De acordo com o documento, as cidades inteligentes podem adotar iniciativas que vão desde o uso de lâmpadas de rua inteligentes a prédios com resfriamento automático, passando por carregadores de carros elétricos inteligentes.


O que mais você incluiria na lista de iniciativas a serem adotadas nas Cidades Inteligentes?

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Vinicius David
bottom of page