top of page
Buscar

Diversidade nas Empresas?

Muito se fala em DIVERSIDADE nas empresas. Mas, qual a verdadeira diversidade que pode trazer tantos benefícios para o ambiente corporativo?


Pessoas vindas de diferentes formações, culturas e experiências contribuem e muito com ideias novas e, com isso, conseguem construir de maneira mais efetiva a sustentabilidade das empresas.


Cor da pele, gênero, orientação sexual e pessoas com necessidades especiais, hoje, dominam o espectro daquilo que entendemos por diversidade. Todos esses grupos contribuem para criarmos uma cultura mais abrangente e criativa, porém, entendemos que a inclusão deveria ser estendida a todos que têm dificuldade de conseguir uma colocação por conta de preconceitos diversos.


Dentro dessa categoria, há um grupo que, constantemente é menosprezado, nas seleções de candidatos e poderia ser inserido como mais um grupo na categoria de diversidade: os profissionais com mais de 60 anos de idade.


Esses profissionais possuem muita experiência dentro das empresas, vivenciaram muita coisa, passaram por muitos projetos e presenciaram mudanças significativas ao longo do tempo em que estiveram em uma determinada empresa. Eles, muitas vezes, são colocados de lado, até mesmo forçados a deixar determinados cargos ao completar uma determinada idade.


Pode-se argumentar que esses profissionais já tiveram as suas chances profissionais no passado e que, caso recebam tratamento especial, poderiam prejudicar as chances de quem está começando a galgar os primeiros degraus da carreira.


Mas, ao mesmo tempo, são indivíduos que carregam uma grande experiência de vida e conhecimento profissional. Ou seja, deixar de lado ou mesmo dispensar toda a sua carga de conhecimento e experiência é desperdiçar talentos e estimular o preconceito contra os idosos.


Então, aonde está a diversidade nesse caso?


O termo diversidade abrange um conceito amplo, que não deveria ser associado a apenas algumas minorias, como estamos presenciando atualmente.


Parece clichê dizer, mas, o que realmente importa não é idade, cor da pele, gênero ou questões de natureza sexual. É encontrar a pessoa certa para uma determinada posição.


Essa pessoa não precisa ser a mais inteligente, a mais talentosa ou a mais sensível ou corajosa. Basta reunir um conjunto de características que a tornam ideal para a missão.


“Não faz sentido contratar pessoas inteligentes e dizer a elas o que fazer; nós contratamos gente inteligente para que eles digam a nós o que fazer”, Steve Jobs.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


Vinicius David
bottom of page